Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Hall Paxis

Integrada na rede nacional Hall, esta imobiliária atua em todo o distrito de Beja.

Hall Paxis

Integrada na rede nacional Hall, esta imobiliária atua em todo o distrito de Beja.

Mergulhar numa piscina segura dá algum trabalho!

Este é um artigo que pretende ajudar os proprietários de piscinas a adotarem medidas corretas ao nível da sua manutenção e segurança para os utilizadores. Com a ajuda de Carlos Moisão, proprietário da Agropax – empresa que em Beja se dedica à construção de piscinas há mais de 35 anos, identificamos também as melhores opções de mercado para todos aqueles que querem construir uma nova piscina lá em casa.

27919_451024258279626_1098785526_n.jpg

 

Agora que o calor aperta é hora de colocar a piscina lá de casa ao serviço da família e dos amigos!

Uma das primeiras preocupações que devemos ter após um inverno em que pouco ou nada ligámos à piscina, é a de garantir um equilíbrio do PH da água. Além disso há que assegurar uma boa desinfeção da piscina, através do uso de cloro ou sal, sendo certo que os trabalhos preparatórios para um verão de mergulhos seguros passa ainda pela aplicação de uma panóplia variada de produtos, sobretudo os anti algas e os clarificadores de água.

Carlos Moisão, especialista na instalação de piscinas, aconselha ainda a que os proprietários garantam semanalmente uma aspiração da piscina durante o período de maior utilização, que pode subir para as duas aspirações semanais no caso das estruturas de maior dimensão. É também necessário calcular bem o sistema de bombagem, em função do filtro que está instalado de forma a que tudo corra bem, é outro dos conselhos deixados a todos quantos têm a responsabilidade de gerir estruturas deste género.

Durante o período de inverno os especialistas aconselham que use uma cobertura para proteger a água da sua piscina. “Nem é preciso investir muito, basta uma cobertura que faça proteção das folhas e das impurezas, sendo certo que o preço das coberturas pode variar muito, desde logo depende das funções que apresenta, há pessoas que não se importam de estender a cobertura manualmente e há outras que investem mais e ficam com uma cobertura que funciona ao acionarmos um comando”, tudo depende do que estamos dispostos a gastar. Quem não tem cobertura é obrigado a realizar mais filtragens e aspirações durante o inverno.

“Uma piscina pode, e deve, manter-se cheia de água o ano todo. A água pode ser a mesma durante sete anos, desde que seja tratada de janeiro a janeiro”, aconselha Carlos Moisão.

Sugerimos que, em caso de dúvidas, se dirija à Agropax, empresa onde pode adquirir todos estes produtos para manutenção de piscinas e muitos conselhos de gente especializada nesta matéria.

248842_451256624923056_874303526_n.jpg

 

Agora que apresentámos os cuidados a ter com a piscina lá de casa, aproveitamos para lhe dar conta dos conselhos do nosso especialista para todos aqueles que ainda estão a pensar construir uma piscina. Para prevenir qualquer tipo de problemas futuros deverá perder algum tempo e socorrer-se de especialistas quando decide construir uma nova piscina: “é que depois da piscina construída há determinados aspetos que já não podem ser alterados. Já não há solução para o equipamento, para o revestimento e até para o posicionamento da piscina, nomeadamente se está ou não a favor dos ventos”, alerta o nosso interlocutor.

A localização da piscina, a garantia de que temos água para alimentar o tanque e a escolha de uma boa casa de máquinas (ampla para que se possa movimentar bem no seu interior e equipada com máquinas capazes de responder às necessidades, muito relacionadas com a dimensão da mesma) são fatores muito importantes na altura de decidir.

Também deveremos perder algum tempo com a volumetria da nossa piscina, que deve ser estudada tendo em linha de conta as pessoas que compõem o agregado familiar. “Há pessoas que decidem construir uma piscina de 15mx8m e depois é usada por duas pessoas. Ou o contrário, há pessoas que constroem uma piscina de 5mx3m e depois são seis pessoas lá em casa”.

Na hora de construir pode escolher entre três tipologias de estrutura: “temos as piscinas pré fabricadas que são produzidas em fibra; temos as piscinas de betão e há ainda as piscinas em bloco que são revestidas a uma tela armada que garante todo o revestimento”.

O proprietário da Agropax não tem qualquer dúvida em recomendar a última como a melhor opção para quem vai construir uma estrutura deste género.

O nosso interlocutor avança ainda que nos dias que correm é possível construir uma piscina familiar (6mx3m) por valores entre os sete e os oito mil euros (valores que incluem a aquisição e montagem de todo o equipamento).

Embora não exista legislação que obrigue os proprietários de piscinas privadas a instalarem sistemas de segurança (vedações e barreiras que impeçam o acesso a crianças), o nosso especialista aconselha a que esta área nunca seja descurada. “Infelizmente, em Portugal, não temos uma lei que regule a questão das piscinas, temos uma normativa que acaba por não vincular as piscinas privadas”, diz Carlos Moisão.

18300_451257041589681_89811865_n.jpg

395091_451256264923092_1631808176_n.jpg

542683_451256781589707_95558239_n.jpg

Todas as fotos que ilustram este artigo são de trabalhos desenvolvidos pela Agropax, Lda. A empresa localiza-se na Rua António Sardinha n. 37 r/c. O telefone é o 284 324 377.

A Hall Paxis agradece toda a disponibilidade do gerente da Agropax, Carlos Moisão, com vista à construção deste artigo. 

 

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D