Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hall Paxis

Integrada na rede nacional Hall, esta imobiliária atua em todo o distrito de Beja.

Hall Paxis

Integrada na rede nacional Hall, esta imobiliária atua em todo o distrito de Beja.

A Importância de Fazer Diferente na Mediação Imobiliária

FB_IMG_1519332431898.jpg

 

Ouvimos diariamente que “o mercado está em alta”, que a oferta para habitação é escassa e que a procura excede, em grande percentagem, os imóveis disponíveis no mercado.
O contacto pessoal, directo e diário com este sector de actividade, faz-nos perceber que esta não é a realidade da cidade de Beja, importando, por isso, frisar pontos específicos que possam ajudar a perceber melhor as características do nosso mercado, em particular. Desta forma, vendedores e potenciais compradores poderão, de forma mais consciente, adequar as suas pretensões e propósitos de compra/venda à realidade atual. É certo que não atravessamos o período mais apetecível para quem vende, sendo igualmente verdade que o número de transações é inferior ao esperado e não tão frequente quanto o desejável. A isto junta-se, como agravante, a dificuldade que as famílias enfrentam no acesso ao crédito, assim como os jovens, cujas condições de trabalho inviabilizam, na maioria dos casos, o financiamento bancário. O valor pelo qual um imóvel entra no mercado, face ao valor real para venda é outro dos factores que “assusta” os potenciais interessados, fazendo-nos cair no erro de que não existe procura para aquele imóvel em particular. O mesmo acontece relativamente ao estado de conservação, materiais utilizados e decoração de interiores.

 

Logicamente, e porque cada caso é um caso, deparamo-nos com processos uns mais complexos do que outros, requerendo mais ou menos disponibilidade de conhecimento, aptidão e ferramentas para que possam ser concluídos. Preferimos encará-los como desafios porque, no fundo, não existem imóveis invendáveis, a todos corresponde um comprador, agora ou mais adiante. A peça chave será sempre atuar em conformidade, por forma a solucionar a situação. Para isso, é essencial fazer-se melhor e diferente. A inserção do imóvel nas diferentes plataformas de divulgação online e meios tradicionais não é suficiente, assim como não o é a colocação da placa de venda e o contacto isolado a determinados clientes em carteira. A motivação do vendedor será, também, um factor determinante para o sucesso da transação, sendo essencial trabalhá-la.

 

O agente imobiliário tem então em mãos tarefas tantas vezes classificadas de “quase impossíveis”, necessitando, ele mesmo, de uma dose extra de auto-motivação. Exemplos serão os casos de vendas judicias, situações de penhora, situações de heranças e divórcio em que tantas vezes é necessário mediar conflitos, licenciamentos por concluir, desanexações, proteção de direitos dos menores, etc.
Satisfazer o cliente é o objectivo. O profissionalismo, o trabalho, a dedicação, o empenho, a honestidade e a transparência fazem o caminho.
Qualquer pessoa afecta a um ramo de negócio só evolui quando existe uma conexão genuína entre as partes, o que acontece sempre que a comunicação e linguagem são coerentes e claras, indo de encontro, de forma empática, ao cliente. Ponto que não deverá, em situação alguma, ser descurado.
É imperativo saber ouvir, escutar e compreender as necessidades dos clientes, transmitindo-lhes confiança e respeito. Este será o passo que, aliado ao desenvolvimento de estratégias concisas e bem estruturadas, levará ao sucesso de todas as partes: vendedores, compradores, mediadores, agência e transação.

 

Rita Palma Nascimento

Chiado Books, Hall Paxis, Herdade do Monte Novo e Figueirinha: O Alentejo nos livros, no vinho e nas casas

Especializada na publicação de autores portugueses e brasileiros contemporâneos, a Chiado Books é a Editora com maior presença no Baixo Alentejo, com cerca de cem autores alentejanos publicados e à qual nos associámos, enquanto Hall Paxis, a par da Herdade do Monte Novo e Figueirinha, para divulgar o melhor do Alentejo em palavras. 
Desta parceria improvável nasceu o livro "Do Mosto à Palavra", uma obra que compila a essência do vinho e da Alma Alentejana, em prosa e poesia e cujas páginas são reflexo do património cultural da região. São cerca de 350 os originais que a compõem. 
E se não há vinho sem tecto, não há livro sem inspiração. 
Sendo a cultura, a arte e as pessoas parâmetros transversais às três empresas, todas consideram que o evoluir das suas diferentes áreas de actividade, assim como o propósito com que estão presentes no mercado, só faz sentido quando totalmente inserido na comunidade e em comunhão com a mesma. Chegar mais próximo e oferecer a diferença com qualidade é um objetivo comum. Prova disso é a capacidade de se produzir vinho de qualidade que satisfaça gostos distintos, com maior ou menor grau de exigência, proporcionando aos seus apreciadores a melhor experiência; democratizar o mercado do livro proporcionando a todos quantos com ela sonham, a possibilidade de edição, podendo, em simultâneo, disponibilizar a cada leitor diferentes estilos e conteúdos literários, de acordo com as suas preferências e saber que para cada casa existe um comprador, independentemente da sua história, localização, valor, idade, estilo, ou condição económica.

 

Nas palavras de John Kennedy " Todos nós temos talentos diferentes, mas todos gostaríamos de ter iguais oportunidades para os desenvolver". Nós acrescentaríamosa, a par dos talentos, os gostos e sonhos pessoais.

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D